início Ela Livros
Blogroll Contato


19 de junho de 2015

chez b restaurante santiago osaka 02

Osaka é considerado o melhor restaurante japonês de Santiago e, de fato, é muito bom! Pra começar, ele fica dentro do Hotel W, num ambiente super bacana, aconchegante e moderno. Eu tinha muitas expectativas quanto à comida, já que carrega esse título de melhor de cidade e tal. No entanto, apesar de ter achado excelente, não é o favorito dentre os que já experimentei – o predileto continua sendo o Nobu 57, em NYC.

O cardápio é super variado, com vários tipos de sushis, nigiris, sashimis e pratos quentes. Como escolher dentre tantas opções desconhecidas não é tarefa das mais fáceis, optamos pelo menu degustação selecionado pelo chef. Tirei algumas fotos com o celular e apesar de não estarem muito boas, dá pra ter uma ideia de alguns pratos!

chez b restaurante santiago osaka 03

Vieram muitas opções deliciosas, algumas não muito surpreendentes, outras já conhecidas por nós, mas preparados de forma diferente, alguns novos sabores… enfim, todos muito bons!

A sobremesa foi um show a parte, era um sorvete de uma fruta peruana que não lembro o nome e suspiros divinos, mergulhados num creme tipo leite condensado. Nunca tinha experimentado nada parecido e amei! Para beber fui de Pisco Sour, claro! Pisco Sour é a bebida típica deles, uma delííícia! O sabor é parecido com a nossa caipirinha de cachaça, mas a parte da cachaça é leve e saborosa, não trava a garganta, sabe? Marido optou por umas cervejas diferentes e gostou muito também.

Ao contrário do Mestizo, no Osaka o atendimento é muito amável e eficiente. É necessário reservar com antecedência. No site, é possível efetuar a reserva, visualizar o menu e a localização.

Além de Santiago, o Osaka também tem restaurantes em São Paulo, Lima e Buenos Aires! Alguém já foi em algum deles?

 

 

Redes sociais: Facebook ♥ Instagram ♥ Youtube





8 de maio de 2015

Semana passada fiz um post mostrando 5 pontos turísticos que merecem a visita em Santiago. Como soube que várias pessoas estão indo pra lá, resolvi adiantar um dos posts que estavam previstos para ir ao ar mais pra frente: o de comidinhas! Sou dessas que além do roteiro de passeios turístico, paralelamente faço um roteiro gastronômico! Amo experimentar novos restaurantes e novos sabores! E a gastronomia de Santiago é super convidativa para quem aprecia uma boa culinária! Então, selecionei três restaurantes que foram experiências ótimas e postarei um de cada vez pra não ficar cansativo. O de hoje, foi o que consideramos o melhor da viagem: MESTIZO!

chez b. restaurante santiago mestizo 05

O Mestizo é um restaurante delicioso, lindíssimo e super romântico. Como não tirei fotos do lado de fora, peguei esta no google pra vocês terem noção da lindeza do lugar! Fica num imenso parque, chamado Bicentenário, na Vitacura. A arquitetura é rústica e elegante, com pedras enormes e a cozinha ao fundo, totalmente aberta. A comida é fabulosa e, sem dúvidas, um dos melhores restaurantes que já fui. Quero voltar pra Santiago logo pra ir lá! Agora, deixa eu mostrar pra vocês as nossas escolhas…

chez b. restaurante santiago mestizo 04

Couvert: pães feitos com frutas e vinhos super quentinhos! Acompanhava o tradicional molho Chancho – é bem típico servir este molho no couvert. É feito com pimentão, tomate e alho – servido na pedra. Uma delícia!

Entrada: me passei um pouco e pedi o trio de ceviches! O primeiro é de salmão e os outros dois não lembro o peixe, mas eram todos fabulosos. A única coisa que não me agrada muito nos ceviches é a quantidade de coentro, é um pouco a mais do que considero ideal. Claro que essa entrada é enorme e, mesmo dividindo com meu marido, sobrou bastante. Há a opção de pedir os ceviches individuais e, numa próxima vez, assim faremos!

chez b. restaurante santiago mestizo 02

Prato Principal: marido e eu escolhemos o mesmo! Ainda bem, haha! Nhoque ao azeite trufado com ragu: sem palavras pra descrever! Este foi o melhor prato que comi em Santiago e um dos melhores da vida!

Sobremesa: Petit gateau com crocante de amêndoas e sorvete de mascarpone! Divino!

chez b. restaurante santiago mestizo 03

Para acompanhar pedimos um vinho (o único que bebemos no Chile, eu só queria Pisco Sour! haha) que adoramos, chama Santa Ema. Super indico!

De todo o contexto, um detalhe desagradável é o atendimento que não é dos melhores. Os garçons são apressados e nada delicados. Exceto isso, tudo fantástico! Vale muito a pena! Ah, é preciso reservar com antecedência, o que dá pra fazer no site!

 

 

Siga nossas redes sociais: Facebook ♥ Instagram ♥ Youtube





29 de abril de 2015

chez b santiago 02

Uma das coisas que mais gosto na vida é viajar, conhecer novas culturas e lugares! Eu e meu marido não conhecíamos o Chile e eu tinha uma vontade imensa de conhecer Santiago. Então, aproveitamos o feriado de Páscoa, demos uma emendada e fomos pra lá comemorar nossas Bodas de Papel. Além de ser um destino interessante, Santiago é relativamente próximo (aproximadamente 4 hrs de voo, saindo do Rio ou SP) e não requer muitos dias para conhecer o essencial, o que facilita bastante quando se tem pouco tempo. Além do mais, o fator climático colabora: é raríssimo chover em Santiago! Ficamos 4 dias inteiros (sem contar ida e volta) e eu achei o tempo ideal para permanecer na cidade.

Santiago me surpreendeu logo de início: é uma cidade linda, grandiosa, imponente e com arquitetura super moderna nos bairros mais nobres, como Providência e Las Condes. A comida é excelente, com uma imensa variedade de restaurantes deliciosos para se escolher – maaas isso é assunto para outro post.

chez b santiago 11

Hoje vamos falar dos pontos turísticos básicos de Santiago. Quando chego em uma cidade que não conheço, um dos meus programas favoritos é sair caminhando com um mapa na mão (sim, posso ser bem turistona!), conhecendo monumentos e explorando lugares com história pra contar. Então, aqui os locais que você não deve deixar de conhecer…

Centro Histórico

Uma visita ao centro histórico de Santiago é essencial! O ideal é iniciar o passeio pela grande Plaza de Armas, onde se encontra a Catedral e os Correos. Caminhando em direção ao Palacio de La Moneda, você vai passar pelo Edificio del ex Congreso, onde foi a sede do Congresso até 1973, antes de ser fechado pelo golpe militar. Quando retornou, em 1990, foi transferido para Valparaíso. Em frente, em estilo neoclássico, está o Palacio de los Tribunales de Justicia. Continuando pela Calle Morandé, chega-se ao imponente Palacio de La Moneda. Aqui, funciona a sede da Presidência da Repúblico do Chile.

chez b santiago 01

Nós nos perdemos nas ruas, admirando a arquitetura e os cenários, que muito lembram algumas cidades europeias em vários aspectos arquitetônicos. O passeio é uma delícia e vale muito a pena pra quem curte conhecer a história do lugar.

Cerro San Cristóbal

chez b. santiago 03

Para subir ao Cerro San Cristóbal, onde temos uma vista deslumbrante de toda a cidade de Santiago, é preciso pegar o funicular. É rapidinho, sai a cada 15 minutos, além de ser um trajeto bem gostosinho de fazer.

chez b. santiago 05

Lá em cima, a ordem é apreciar, apreciar, apreciar. Mesmo no início do outono, foi possível ver os cerros nevados, lindo, lindo! No meio do caminho – o funicular faz uma parada na ida – há um zoológico. Apesar de adorar zoos, optamos por não ir, mas li que é muito bom.

chez b. santiago 04

Mercado Público

chez b. santiago mercado 01

Tá aí um lugar que é lei nos roteiros e guias básicos, porém eu não recomendo e não voltaria. O motivo é bem simples: não vi absolutamente nada de atraente, a não ser algumas centollas (aqueles caranguejos gigantes, típicos da culinária chilena) em vitrines, cheiro fortíssimo de peixe e muitos restaurantes pega-turistas.

chez b. santiago mercado 02

Demos uma olhadinha e saímos rapidinho. Não curti!

Parque Florestal

chez b santiago 10

O Parque Florestal é longo e fica entre grandes avenidas. É bem agradável, muito embora seja as margens do Rio Mapocho – que não é dos mais bonitos – e, em alguns pontos, o parque lembra muito o parisiense Jardin des Tuileries. 

chez b santiago 09

Não sei bem como é a questão de segurança e violência no Chile, mas confesso que me senti um pouco insegura no parque. Havia um ou outro mendigo e poucas pessoas caminhando, pelo menos no horário em que fui. Ainda assim, certamente merece uma visita.

La Chascona 

chez b. santiago 06

La Chascona foi uma das casas de Pablo Neruda, hoje transformada em museu. Na verdade, continua tudo lá como era quando Neruda vivia com a esposa, inclusive os pertences deles e tudo mais. A casa é muito, muito bacana. Eu achei mágico estar naqueles ambientes onde tanta coisa aconteceu, não imaginava que adoraria tanto. Uma coisa super legal é que você faz o passeio guiado por áudio, possibilitando entender cada cantinho da residência. Amei e é o ponto turístico que mais indico em Santiago, daqueles tipo tem-que-ir! ♥

 

 

Siga nossas redes sociais: Facebook ♥ Instagram ♥ Youtube





20 de novembro de 2014

Semana passada rolou um post com duas sugestões deliciosas de comida italiana em Nova York. E, como prometido, aqui está a segunda parte, com outros dois restaurantes imperdíveis pra quem curte uma boa italian food, em especial burrata: Obikà e Bar Pitti.

chez b. comida italiana obika mozzarela

Chegamos muito por acaso nesse bar/restaurante e voltamos mais umas tantas vezes! Maravilhoso, principalmente pra quem ama mussarela. Tem várias opções desse queijo, pra comer sozinho ou acompanhado por ingredientes à sua escolha. Há também massas e sanduíches, mas eu não experimentei! TODAS as vezes que lá fui, optei por burrata com presunto cru e rúcula! Amo essa combinação e a desse restaurante é impecável!

chez b. comida italiana obika

Como a localização é bem central, no Trump Tower (entrada pela Madison), os fãs de mussarela não podem deixar de visitar quando estiverem passeando pela Quinta Avenida! Pra ir e voltar!

 

Outro lugar que vale a pena conhecer: Bar Pitti. Fica no West Village, uma região bem descolada, lá nas proximidades do Chelsea Market. Dá pra aproveitar o passeio para aquela direção e almoçar ou jantar lá. Eu fui no almoço, depois de conhecer a faixada do apê da Carrie Bradshaw! ♥

chez b. comida italiana bar pitti

Esse restaurante vive lotado de famosos, inclusive tinha uns tantos paparazzis quando estava lá. Não é nada refinado, mas o ambiente é bem legal e despojado. Com uma parte na rua e menu à giz no quadro negro, em regra é preciso esperar bastante pra conseguir uma mesa e o atendimento (por um italiano mal humorado) é uma porcaria. Mas, ainda assim, vale a pena! Tem a melhor burrata do mundo (tá, acho que ganha do Obikà sim!) e a massa é divina!  Ah, não esqueça de levar dinheiro em cash, pois eles não aceitam cartão!





12 de novembro de 2014

Amo comida italiana! Não é à toa que é quase impossível passear na Itália sem ganhar uns quilinhos. Tudo começa no pão delicioso (e muitas vezes quentinho) mergulhado no azeite de oliva. Um potinho pra mim é pouco, sempre peço pra trazerem o vidro todo! Se for com focaccia então… me segura! É impossível não se esbaldar nas massas, risottos, pizzas e burratas de um bom restaraunte italiano! Então, em Nova York, não poderia deixar passar os vários lugares deliciosos que tem por lá… e que já conto os minutos pra voltar!

O Eataly é um grande mercado italiano, quase em frente ao Flatiron Building. De sorvete a frutos do mar, tem de tudo um pouco. Pastas, queijos, vinhos, livros de receitas, cafés… lá dentro o tempo passa e a gente nem vê, de tantas coisas que conquistam os olhos (e o estômago)! Tem também ilhas com várias especialidades, como peixes, massas, pizzas, sanduíches… é só escolher a área que te agrada mais e se deliciar! Uma amiga minha havia me indicado as focaccias de lá. Viciada que sou, fui direto pra onde eram vendidas e comprei uma que me serviu de almoço! De presunto de parma e rúcula, foi das melhores focaccias que comi na vida! Vale muito a pena e é baratinha! Delícia!

chez b. comida italiana - eataly bar nutella

Anexo ao Eataly está o maravilhoso Nutella Bar. Um paraíso nutelístico enlouquecedor, onde vende aqueles crepes quentinhos e com Nutella transbordando pelos cantos, feitos na hora. Tipo, imperdível!!

chez b. comida italiana - morini ristorante

Esse é pra quem for no MET pela manhã e sair de lá morrendo de fome! O Morini fica bem pertinho, na Madison Ave. Entramos lá por acaso e não nos arrependemos. O ambiente é super aconchegante, com sofás e mesas bem espaçosas. O atendimento é excelente… e o couvert é focaccia! Com alecrim! O menu é bem variado, com massas, peixes, frangos e carnes. No almoço, é possível escolher o menu do dia, com entrada, prato principal e sobremesa, sendo três opções de cada. Eu escolhi uma carne com cogumelos e batatas que estavam divinos! De sobremesa, chocolate lava cake, muito boa! Marido escolheu tudo diferente, purê com frango e mais algumas coisinhas, não lembro bem. Mas, sei que ele também adorou! Super indico!

chez b. comida italiana - morini ristorante

Semana que vem, a Parte II!

Beijinhos!