início Ela Livros
Blogroll Contato


10 de novembro de 2015

O tema deste mês dos projetos do Discípulas de Carrie não poderia ser mais legal: séries! É um assunto que rende muito pano pra manga e a maioria das pessoas que conheço – principalmente as meninas do nosso querido grupo – amam! Eu adoro também, tanto é que criei a tag semanal As Séries da Minha Vida aqui no blog, contando um pouquinho sobre todos os seriados que assisti até o momento (já aviso que logo, logo, tem novidade!). Então, pensem o quanto foi difícil selecionar as CINCO favoritas da vida inteira para fazer a CosmoTag! Mas, vamos lá…

Sex and The City

Não conheço ninguém que tenha assistido Sex and The City e não ame muito! As personagens são extremamente carismáticas e muito bem construídas – é impossível não se identificar com alguma delas (ou com todas!). Até hoje, é a única série que consigo rever, episódio por episódio. Pra ser bem sincera, acho difícil criarem outra à altura!

Gossip Girl

Falar de Gossip Girl é redundante demais. Fez um sucesso absurdo, cortou corações, exibiu looks lindíssimos e causou frenesi na população feminina mundo afora. Foi a primeira série que assisti inteirinha. Eu não era muito ligada em seriados, aí entrei para o mundo dos blogs e, naquela época, não se falava em outra coisa sem ser Blair, Serena, Dan, Nate e Chuck! Lembro como se fosse ontem o dia que fui na Saraiva comprar o box da primeira temporada completa. Obviamente viciei de cara e vai ser sempre uma das minhas séries favoritas da vida!

The O.C.

The O.C. é muito amor! O inesquecível e sarcástico Seth Cohen arrancou muitas risadas de uma geração viciada nas aventuras, conflitos e segredos da californiana Newport Beach. Pra quem ainda não assistiu, sempre digo que é uma espécie de Gossip Girl da Califórnia. O núcleo jovem, os segredos, casos & acasos e o fato de serem criadas pelo mesmo produtor, faz com que as séries sejam de fato bem semelhantes. Dificilmente quem gosta de uma, não irá gostar da outra. Com certeza, uma série que marcou muitos corações!

Game of Thrones

Certo que Game of Thrones é uma das melhores séries de todos os tempos! Os efeitos especiais são incríveis, os cenários deslumbrantes, o figurino impecável, os diálogos extremamente inteligentes. Inicialmente, fui bem resistente a assistir. Achava que era muito fantasioso e cheio de efeitos especiais, o que acabou sendo confirmado apenas em parte. Tem um pouco de fantasia sim, porém, passa longe de ser o principal e é tudo muito bem contextualizado.

Downton Abbey

Das séries que assisto/assisti, a britânica Downton Abbey é uma das mais peculiares. Comecei a assistir meio ressabiada, achando que não curtiria muito, mas ledo engano! D.A. me ganhou logo nos primeiros episódios e, desde então, entrou para o time das preferidíssimas. Downton Abbey tem uma produção impecável, figurino maravilhoso e personagens incríveis. Cada um deles é muito bem construído, com personalidades marcantes e rumos bem adequados e definidos. O elenco foi perfeitamente escolhido e sempre que alguém sai do script, nos deixa com profundas saudades.

 

 

discipulas de carrie





12 de fevereiro de 2015

No final do ano passado, fiz a pesquisa de público do blog (ainda não respondeu? É rapidinho! Clica aqui!) e descobri que uma das categorias favoritas de quem acompanha o Chez B. é séries! Como também adoro seriados, resolvi criar uma sequência semanal de posts especiais, com todas as séries que assisti na vida! Acho que vai ser bem divertido para relembrarmos algumas séries da velha guarda! Então, hoje começamos com The O.C., uma das melhores séries de todos os tempos <3

chez b. séries da minha vida the oc 01

The O.C. foi uma das primeiras séries que assisti na vida e apaixonei. O inesquecível e sarcástico Seth Cohen (interpretado por Adam Brody, maridão da Leighton Meester, a eterna Queen B.) arrancou muitas risadas de uma geração viciada nas aventuras, conflitos e segredos da californiana Newport Beach.

O enredo é mais ou menos o seguinte: Ryan é um adolescente pobre e problemático, que só se mete em roubadas. Para evitar que vá para a prisão, o advogado Sandy Cohen convida-o para morar em sua mansão, em Orange County (daí o nome da série). Sandy é casado com Kirsten e ambos são pais de Seth, uma figura única que tem a mesma idade de Ryan. Seth é apaixonado por Summer (interpretada pela ótima Rachel Bilson – hoje, a Zoe de Hart of Dixie), melhor amiga da linda e popular Marissa (vivida por Mischa Barton em seus tempos áureos).

chez b. séries da minha vida the oc 03

Jogos de interesse, fofocas, intrigas, romances e escândalos: é disso que vivem os amados personagens de The O.C. Pra quem ainda não assistiu, sempre digo que é uma espécie de Gossip Girl da Califórnia. O núcleo jovem, os segredos, casos & acasos e o fato de serem criadas pelo mesmo produtor, faz com que as séries sejam de fato bem semelhantes. Dificilmente quem gosta de uma, não irá gostar da outra.

chez b

O ponto altíssimo pra mim são os diálogos! É uma mistura de comédia e drama, o que hoje intitularam dramédia, e Seth Cohen arranca risadas como ninguém. Ele é ilário e seu romance com a fofíssima Summer nos faz suspirar. Falando em suspiro: apesar de eu não curtir muito, Sandy Cohen, o pai de Seth, fazia um super sucesso com a sua sobrancelha de gaivota o público feminino! Na época – o seriado iniciou em 2003 – Mischa Barton estava no auge da carreira! Era lindona e fazia muita gente amar Marissa Cooper. Particularmente, sempre achei uma chata melodramática, mas (mais uma vez) eu era exceção, hahaha.

chez b 02

No final da 3ª temporada, um dos personagens (sem spoilers – vai que tem gente que se anima a assistir) morre e, embora a série continue até a 4ª temporada, a audiência cai horrores e acaba sendo cancelada. Fiquei um pouco revoltada com o fim, já que achei até bem legal sem o(a) falecido(a) personagem… diferente sim, mas bom! Só que fui voto vencido e em 2007 demos um triste adeus à The O.C. Com certeza, uma série que marcou muitos corações!

chez b. séries da minha vida the oc 02

chez b. séries da minha vida 1 - the o.c.