início Ela Livros
Blogroll Contato


25 de agosto de 2014

Escolher apenas cinco programas que marcaram a minha vida não foi nada fácil! São tantos bacanas que me fazem relembrar a infância e adolescência! Mas, regra é regra, então vamos lá…

1. Chaves

chaves

Tem como não amar? Chaves, Quico, Chiquinha, Professor Girafales, Seu Madruga, Seu Barriga, Dona Florinda, Nhonho, Bruxa do 71… tantos personagens inesquecíveis! Acho que nunca existirá um fenômeno como foi (e talvez ainda seja) essa série. Piadas inocentes e toscas, chavões que colam na cabeça, personagens simples, carismáticos e engraçados marcaram profundamente uma geração na qual me incluo. A melhor série infantil (e que agrada a todas as idades) de todos os tempos!

2. A Usurpadora

a usurpadora

Podem me chamar de brega! Sempre amei dramalhões mexicanos! A primeira novela que assisti na vida foi Carrossel e ainda lembro bem da cena: o acidente de ônibus da Professora Helena. Depois, virei fã número um da Thalia e assisti umas tantas vezes Maria Mercedes, Marimar, Maria do Bairro e Rosalinda! Mas, o dramalhão que mais marcou mesmo foi A Usurpadora. Assisti quase todas as reprises (só deixei passar a última) e agora tô planejando rever no Netflix. Não teve novela mais divertida e emocionante que essa! Paulina Martins, Paola Bracho e Carlos Daniel estarão sempre no meu coração!

3. Topa Tudo por Dinheiro

topa tudo por dinheiro

É, gente, eu era a Garota SBT! Impossível esquecer as noites de domingo em que ficava acordada até tarde assistindo as câmeras escondidas com Ivo Holanda, Silvio Santos jogando dinheiro em forma de avião para o auditório, a brincadeira do “é, não e porque”… Sem falar que meu grande sonho era estar em uma das caravanas! hahaha

4. Gossip Girl

gossip girl 2

Muita saudade de GG! Claro que já era mais velhinha, mas bons momentos eu passei assistindo essa série. Amava a vida (e os looks) da galera do Upper East Side, as caras, bocas e dramas da Queen B. e a narração da Kristen Bell com seu inconfundível “xoxo”. Ah, sem falar no casal mais lindo da vida, Blair Waldorf & Chuck Bass! Amor eterno!

5. Sex and The City

sex and the city

Comecei a assistir SATC em 2009 e foi amor logo no primeiro episódio! Pra mim, é daqueles seriados atemporais, que podem ser vistos e revistos a qualquer tempo e o tema tratado ainda será atual. Sem falar que Carrie é um ícone! Amo, amo, amo!

E vocês, se identificaram com algum?

Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook!

Para ver a blogagem do mês passado, clique aqui





16 de julho de 2014

Sei que esta não é a época do ano preferida de muita gente. E nem a minha também! Mas, como não tem muita escapatória (pelo menos pra quem mora onde faz muito frio – como eu!), temos que aproveitar as coisas gostosas que a estação traz! Aqui vão as minhas preferidas…

2

Amo fondue! De preferência uma sequência bem caprichada de queijo, carnes e chocolate! Essa é uma das coisas que mais me animam no inverno, confesso que espero a estação chegar só pra ir a um restaurante especializado. Aqui onde eu moro ainda não tem um desses lugares, então costumávamos ir para Gramado, na serra gaúcha. Agora descobrimos um delicioso numa cidade bem próxima daqui, São Joaquim!

5

Como não temos praia e/ou piscina no inverno, sobra bastante tempo para assistir vários filmes, colocar as séries em dia e ler os livros que estão na estante esperando! Este mês quero terminar a temporada de Hart of Dixie, que encalhei na metade, e começar Orange is The New Black, alguém assiste?

3

Nada melhor que uma boa xícara de chá, café ou (de preferência!) chocolate quente para nos esquentar nos dias gelados, né?! E também amo muito quentão, que é uma bebida super típica aqui na serra catarinense!

4

Passar o dia inteiro de pijama, jogada no sofá e cheia de cobertas quentinhas… tem coisa mais gostosa?

1

Atualmente, moro em Lages, na serra de Santa Catarina. Aqui é a terra do pinhão e chega junho tem essa delícia em todos os pratos possíveis e imagináveis! É paçoca de pinhão, escondidinho, entreveiro… e claro, ele sozinho, cozido, pra comer a tarde inteira. Muito bom! E rola também a Festa Nacional do Pinhão, com muita comida típica, quentão e shows nacionais excelentes!

E vocês, o que gostam de fazer no inverno? Me conta!

Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se no Rotation.