início Ela Livros
Blogroll Contato


9 de março de 2015

A estreia mundial de Cinderela já rolou, mas aqui no Brasil só entra em cartaz no início de abril! Eu já tava doida pra assistir, não só porque adorei Malévola (com produção semelhante), mas porque foi uma das Princesas da Disney que mais marcou minha infância – apesar de minha favorita mesmo ser A Bela Adormecida. Aí que assistindo ao trailer, vi muitos rostos conhecidos, a grande maioria de atores britânicos que adoro! E duas personagens fofas de Downton Abbey e um marcante de Game of Thrones formam o elenco principal, então a ansiedade foi lá em cima!

chez b. cinderela 00

Lily James, a Rose de Downton Abbey, dará vida à Cinderela…

chez b. cinderela 01

Eu sabia também que a atriz que interpreta Anastasia – uma das irmãs más da Cinderela – é Holliday Grainger, a excelente Lucrezia de Os Bórgias! Só não tinha ideia que a intérprete da outra irmã, Drisella, é Sophie McShera, a fofa Daisy também de Downton Abbey! E a Madrasta tinha que ser à altura: a fabulosa Cate Blanchett!

chez b. cinderela 02

Agora, o que mais me deixou com o coração batendo forte é quem será o Príncipe: ninguém menos que Richard Madden, aka Robb Stark, de Game of Thrones! Tá bom ou querem mais? Só digo uma coisa: estreia logo, por favorrrr! ♥





19 de fevereiro de 2015

Se tem um gênero que dificilmente me desagrada, seja filmes ou séries, é o épico. Adoro produções históricas pelo conteúdo em si, pela mistura de realidade e ficção, pelo figurino, construção dos personagens, cenários… enfim, é um dos meus gêneros favoritos. Aí um dia meu marido estava assistindo ao primeiro episódio de Os Bórgias no Netflix e acabei vendo um trechinho. Desde então, não parei mais!

chez b. séries da minha vida os borgias nota 01

Os Bórgias, ou The Borgias, é baseada na história da família homônima que viveu em Roma durante o Renascimento. A família liderada por Rodrigo Bórgia que, mais tarde torna-se Papa (Alexandre VI) foi marcada pela disputa pelo poder, governo corrupto e envolvimento em diversos crimes, como assassinatos, envenenamentos, adultérios, roubos e até incesto.

Eu me apaixonei pela série (e por Cesare Borgia, haha). Os episódios são muito bem feitos, a produção é fantástica e o figurino perfeito. Dizem também que a parte histórica é bem fiel à realidade e pelo que sei e as pesquisas que fiz, é mesmo. Tem muito sangue, lutas, luxo, disputa pelo poder e sedução. Algumas cenas são bem pesadas. A dualidade de sentimentos impressiona: algumas vezes odiava os Borgias, outras vezes amava; mas sempre torci por eles, até o fim!

chez b. séries da minha vida os borgias 02

O elenco é um show à parte: Jeremy Irons, na pele do Papa, consegue nos cativar mesmo vivendo uma criatura tão repugnante. As expressões dele me arrancavam risos por si só. Um ator que eu não conhecia e laçou meu coração: François Arnaud, o fascinante Cesare Borgia. Holliday Grainger, intérprete de Lucrezia Borgia, também não deixa a desejar. Inclusive, a relação dos irmãos Cesare e Lucrezia, complexa e suspeita, é um dos pontos altíssimos da série!

chez b. séries da minha vida os borgias 01

Com apenas três curtas temporadas, Os Bórgias foi cancelada em 2013, deixando os fãs sedentos por uma continuação. Não, ela não termina do nada, sem final. Mas, a impressão que temos é que ainda há muito história pra contar…

THE BORGIAS

chez b. séries da minha vida os borgias nota

* Pra ver  o primeiro post do especial As Séries da Minha Vida, clica aqui!