início Ela Livros
Blogroll Contato


23 de abril de 2015

chez b as series da minha vida the carrie diaries 01

The Carrie Diaries conta a adolescência de Carrie Bradshaw – nossa musa master de Sex and The City – quando ainda sequer conhecia Charlotte, Samantha e Miranda. A protagonista é a fofíssima AnaSophia Robb, que pouco lembra a Carrie de Sarah Jessica Parker, mas usa looks tão divertidos e inspiradores quanto! Além do mais, ela é uma graça, tem jeitinho de querida e arrasa no estilo anos 80!

A série é baseada no livro homônimo (Os Diários de Carrie, em português) e sua continuação (O Verão e a Cidade), mas toma rumos bem diferentes dos originais. Até achei melhor, já que o segundo livro não me agradou muito!

chez b as series da minha vida the carrie diaries 04

The Carrie Diaries é super teen, mas tem um enredo gostosinho, sabe? Daqueles pra assistir despretensiosamente, como se Sessão da Tarde fosse. Eu esperava um pouco mais, justamente por ser, digamos, o início de SATC. Porém, os pontos não se ligam muito, a não ser a chegada de Samantha na segunda temporada, aí sim, torna-se muito mais semelhante à nossa já conhecida.

chez b as series da minha vida the carrie diaries 02

Fiquei super triste quando foi cancelada com apenas duas temporadas. Na minha opinião, ainda teria espaço pra muita trama boa – a chegada de Charlotte e Miranda, por exemplo. No final da última temporada, fiz um post esperançoso, mesmo percebendo que a series finale estava com cara de season finale. E, infelizmente a audiência deixou a desejar  e bateram o martelo pelo cancelamento. Uma pena!

THE CARRIE DIARIES

Ainda assim, acho super válido – pra quem curte este gênero – assistir as duas temporadas temporadas disponíveis, é uma graça!

Alguém mais já viu? Curtem?

 

chez b as series da minha vida the carrie diaries 05

Confira os outros posts do As Séries da Minha Vida:
#1. The O.C.
#2. Os Bórgias
#3. Lipstick Jungle
#4. Pretty Little Liars
#5. Smash
#6. Secret Diary of a Call Girl
#7. Gossip Girl 
#9. The Tudors
#10. Lie to Me
 
 
 
 

Siga nossas redes sociais: Facebook ♥ Instagram ♥ Youtube





26 de fevereiro de 2015

Quando comecei a assistir Sex and The City, fiquei tão viciada que fui procurar outras séries do mesmo estilo pra acompanhar assim que terminasse o box. Aí, descobri Lipstick Jungle (Selva de Batom, em português), baseada no best-seller da mesma autora de SATC, Candace Bushnell. Comprei logo as duas temporadas disponível e fui bem feliz assistir.

chez b. séries da minha vida 3 - lipstick jungle 01

A série aborda o cotidiano de três amigas (qualquer semelhança, não é mera coincidência), na casa dos 40 anos, bonitas, poderosas e, aparentemente, bem sucedidas da alta sociedade de Manhattan. O enredo gira em torno dos conflitos internos em razão da idade e das relações amorosas, familiares e profissionais de cada uma delas. É um mistura de comédia e drama (que agora virou moda chamar dramédia), tem seus momentos divertidos, mas na maior parte do tempo é muito mais densa que SATC, por exemplo.

chez b. séries da minha vida 3 - lipstick jungle 03

O elenco, encabeçado por Brooke Shields (Wendy, executiva da área cinematográfica), Kim Raver (Nico, editora chefe de uma revista de moda) e Lindsay Price (Victory, estilista ainda correndo atrás da máquina) é muito bom, as atrizes convencem e nos cativam. Lembro de ter gostado muito da série na época que assisti, em 2009, inclusive fui dar uma pesquisadinha no Filmow, pra relembrar uns detalhes e tinha um comentário meu super elogiando a segunda temporada, mas triste por ter terminado!

chez b. séries da minha vida 3 - lipstick jungle 04

Sim, esse é o grande problema: no auge da segunda temporada a série foi encerrada sem um final digno. Ficou muita coisa por resolver, o que me irrita e me frusta, pois até hoje penso no que teria acontecido com a situação viviada por Nico, por exemplo! Acho muita sacanagem dos produtores o fato de terminar sem um final, deixando o telespectador a ver navios… Futuramente, vou falar de outra série que eu amava e aconteceu a mesma coisa, o que quase me fez ficar arrependida por tê-la acompanhado por tanto tempo.

chez b. séries da minha vida 3 - lipstick jungle 02

Mas, enfim, caso você não se importe em terminar sem saber o rumo certo das personagens e curte uma série feminina mais madura, aconselho muito assistir Lipstick Jungle, acho que vai gostar!

Alguém mais assistiu ou já tinha ouvido falar? Me contem!

chez b. séries da minha vida 3 - lipstick jungle nota

 

Pra ver os outros posts do As Séries da Minha Vida:
#1. The O.C.
#2. Os Bórgias





19 de julho de 2010

Desde que lançou no Brasil, eu tava ansiosíssima pra ler as aventuras da Carrie antes de Sex and The City. E não me decepcionei! Fazia tempo que não pegava um livro mulherzinha pra ler, por falta de tempo, claro, porque opção é o que não falta. A história se passa nos anos 80, quando Carrie ainda aspirava ser escritora, não conhecia NYC e estava no terceiro ano do ensino médio. É muito mais adolescente do que o seriado, por óbvio, mas é garantia de boas risadas e um excelente passatempo.

A única coisa que achei um pouquinho estranho é que não consegui ligar a Carrie do livro com a personagem da série. Não achei uma característica que identificasse a Miss Bradshaw que conhecemos, talvez porque na época ela nem sabia quem era Manolo Blahnik. Mas, enfim, o livro é ótimo e se o tempinho gelado do final de semana estiver sobrando, indico a leitura!

diarios de carrie