início Ela Livros
Blogroll Contato


31 de julho de 2016

Como o meu tempo para escrever no blog anda curto, achei que seria bacana compartilhar um resumo das coisas que têm me feito suspirar recentemente…

 

 

TEATRO | O Topo da Montanha

chez b o topo da montanha 02

Estávamos, marido e eu, em São Paulo no final de semana passado e ficamos felizes ao constatar que a peça inspirada no último dia de vida de Luther King estava em cartaz. Produzida, dirigida e encenada pelo fantástico Lázaro Ramos e estrelada também pela esposa dele, Taís Araújo, O Topo da Montanha é daquelas peças que tu gostarias de dizer para o mundo todo assistir. Inclusive, na saída do teatro, atrás de mim um rapaz comentava com a moça ao lado que era a terceira vez que estava assistindo e já tinha levado quase toda a família! E, de fato, vale a pena, vale muito a pena insistir que quem tenha a oportunidade de ir, vá.

chez b o topo da montanha

Apesar do contexto dramático, o humor é dosado com precisão perfeita, o diálogo é fantástico e a interpretação é fenomenal. Taís é ótima atriz, mas Lázaro… Lázaro é fabuloso! Ele nos remete uma carga emocional altíssima, fiquei tocada, emocionada e muito reflexiva. É de arrepiar!

 

 

EXPOSIÇÃO | Picasso: mão erudita, olho selvagem

chezb picasso exposição

Ainda em SP, no Instituto Tomie Ohtake, fomos ver as obras do Pablo Picasso. Gosto de arte desde criança, mas nunca havia me interessado muito especificamente por esse gênio espanhol. Hoje eu sei o motivo: eu não entendia. Então, na semana anterior eu li alguns artigos e a biografia para ir um pouco mais informada. Foi essencial para entender um pouquinho da genialidade de sua fantástica arte.

chez b picasso exposição 02

A exposição, com mais de 90 obras (entre pinturas, desenhos, esculturas, cerâmicas) é linda e instigante. Picasso ganhou uma fã.

 

 

NETFLIX | Gilmore Girls

chez b gilmore_girls

Não peguei o tempo de Gilmore Girls. Até já tinha visto brevemente Rory e Lorelai pelos sbts da vida, porém a dublagem fajuta não me despertava o menor interesse. Aí que carente de séries fofas e leves, com a chegada do clã Gilmore ao Netflix, algumas amigas me incentivaram a dar uma chance. Como a Ju tinha assistido tudinho há pouco tempo e amado muito, botei fé e vi o piloto. Me apaixonei. É um seriado tranquilo, relaxante, simples e delicioso de assistir. A Kaka definiu perfeitamente: Gillmore Girls é confortável.

 

 

LIVROS | Princesa Sultana

Tenho um interesse quase inexplicável pela cultura árabe e há muito tempo, conversando sobre o assunto com uma amiga, ela comentou que tinha adorado o livro As Filhas da Princesa (Jean Sasson). Anotei no Skoob para futuramente dar uma olhada, mas acabou caindo no esquecimento. Aí certa vez, dando uma olhadinha na rede para trocar uns livros, pesquisei por ele. Descobri que era uma trilogia, iniciada por Princesa (1998) e seguido por As Filhas da Princesa (2000) e Princesa Sultana (2004). Todos escritos pela autora norte-americana Jean Sasson em parceria com uma princesa de alta posição da Arábia Saudita, sob o pseudônimo Sultana.

chez b sultana

A sequência segue a história real da princesa e conta muito das atrocidades vividas pelas mulheres sauditas. Os acontecimentos impressionam muito e a luta de Sultana pelos direitos femininos é comovente. Fiquei aficcionada pelos livros e, quando terminei o último, descobri que recém havia lançado no Brasil um quarto livro, Princesa: mais lágrimas para chorar, contando o que ocorreu na vida da Sultana nesses mais de 10 anos desde a última edição e como está a vida dela hoje, mais ou menos com 50 anos. Comprei imediatamente e é o que estou lendo nesse momento. E amando.





17 de maio de 2016

Acho que nunca falei disso aqui no blog, mas tenho uma agonia com coisas fora do lugar. Não é mania de limpeza. É pânico de ver tudo (na verdade, qualquer coisinha) zoado, fora do lugar, pia na louça e cama desarrumada. Como aqui não temos uma pessoa para arrumar a casa para nós todos os dias – apenas 2x por semana – acabo precisando fazer grande parte das coisas, ainda que meu marido colabore super.

Fato é que andava muito incomodada com isso nos últimos tempos, meio perdida e ansiosa em ter que deixar tudo organizado até mesmo antes dos demais afazeres do dia. E ninguém, além de mim mesma, me exige isso. Então, fiz várias pesquisas, li blogs e sites de organização e resolvi tentar adquirir novos hábitos e utilizar outros métodos. O blog Vida Organizada – do qual antes eu era leitora assídua e ultimamente andei relaxando um pouco, mas quero retomar a leitura diária – me ajudou muito. Ao ler o post Cuidando da casa sem estresse: diminua as expectativas percebi o quanto a tal expectativa me frustra e foi o ponto crucial para iniciar as mudanças (de pensamentos e de hábitos).

chez b organização

Se você, assim como eu, sente essa insatisfação e uma sensação interminável de que as coisas nunca estão no lugar, pode ter certeza: diminuir as expectativas quanto aos cuidados domésticos é fundamental. E é meio lógico: não dá tempo para manter a casa limpíssima e impecavelmente organizada se você não faz apenas isso. Em regra, há outras pessoas na casa, muitos têm animais (como eu, que tenho dois), às vezes crianças e bebês. Ninguém quer uma louca, neurótica, com um pano e um saco plástico na mão atrás recolhendo e limpando tudo que o outro faz, né. Sem falar que, ainda que quiséssemos, não daria para vivermos assim. O tempo precisa ser dividido com trabalho, estudos, marido, filhos, pets, alimentação, exercício físico, lazeres, etc. Mesmo para quem não trabalha ou estuda fora e teria, em tese, todo tempo disponível pra isso: não vale a pena se escravizar. Há muitas outras coisas mais bacanas e importantes pra se fazer durante o dia. Não se sinta obrigada a ocupar todo seu tempo com organização da casa e mantê-la sempre brilhando, porque você não é obrigada. Simples assim.

Claro, ninguém aqui tá dizendo pra deixar tudo rolando! Mas sim, para baixar o nível de exigência, as expectativas do 8 ou 80 e pensar numa forma de deixar tudo minimamente organizado e limpo, sem perfeccionismos diários e enlouquecidos. Com 15 ou 30 minutos por dia, é possível dar uma geral e manter os ambientes agradavelmente habitáveis e organizadinhos.

Como nos últimos dias tenho lidado melhor com isso, vou contar como eu fiz, já que pode ajudar muitas “donas de casa” aflitas. São três checklists diferentes: afazeres diários, semanais e mensais. Para cada lista, elegi uma cor de post-it diferente e vou colando no dia respectivo da minha agenda. Por exemplo:

Atividades diárias (amarelo)

  • arrumar a cama
  • lavar a louça
  • alimentação (verifico o cardápio do dia para ver se é preciso descongelar ou comprar algo)
  • organização de coisas imediatas (que estiverem fora do lugar à vista, como copos no quarto)
  • pets (verificar comida e água dos bichinhos e trocar tapete higiênico do Toy)
  • regar plantas

Atividades semanais (azul)

  • trocar toalhas
  • trocar roupa de cama
  • descartar alimentos (que possam ter estragado ou passado da validade)
  • fazer o cardápio da semana

Atividades mensais (vermelho)

  • verificar contas a pagar
  • lavar caminha do Toy
  • revisar alimentos do freezer e geladeira
  • organização de coisas “mais escondidas” (gavetas, armários, etc)
  • jogar fora ou doar revistas antigas

Óbvio que minha lista é apenas uma ideia inicial, que poderá ser moldada de acordo com as suas necessidades. Se você gostou e quer implementar, sugiro que veja esse post também do Vida Organizada. Outra coisa que considero importante: as atividades não precisam necessariamente ser feitas por você, mas por qualquer pessoa da casa. Aqui moramos meu marido e eu, então dividimos de acordo com as possibilidades de cada um e dá super certo. Outra coisa, é que não incluo os afazeres de limpeza mais pesados, pois é a nossa ajudante quem faz. Porém, algumas coisas, mesmo não sendo feitas por nós, anoto para não esquecer de avisá-la, como trocar as roupas de cama.

Essa é a minha experiência e espero que de alguma forma ajude quem passa por situações semelhantes! Mais ideias e sugestões, me contem aqui embaixo!





17 de outubro de 2015

Outubro é o mês das crianças e foi justamente este tema fofura que resolvemos abordar nos projetos do Discípulas de Carrie! Apesar de a data “oficial” – 12 de outubro – já ter passado, acho gostosa a nostalgia que perdura o mês inteiro… Nesse clima, vou responder a CosmoTAG e relembrar algumas das coisas que mais gostava nos meus tempos de infância!

Barbie

chez b cosmotag 01

A Barbie é icônica, histórica e vai sempre estar presente nas minhas lembranças de criança. Eu tinha incontáveis bonecas, filhinhos, Ken, Bob, Skipper, a família inteira! Ainda tinha (tenho, na verdade) uma maleta cheia de roupinhas de todos os modelos e para todas as temperaturas. Como filha única e menina de apartamento que fui, Barbie era minha brincadeira favorita de todos os momentos!

Bonecas de Papel

chez b cosmotag 04

Assim como a Kaka, bonequinhas de papel também eram um hobby. A partir do momento que tive coordenação motora suficiente pare recortar as “modelos” e as “roupinhas”, juntei uma caixa cheia delas e passava horas nessa deliciosa função.

Carrossel

chez b cosmotag 02

A primeira novela que assisti na vida foi Carrossel e lembro da primeira que vi: o acidente da adorável Prof. Helena. Desde então, virei noveleira assumida e acompanhei todas as vezes que o SBT transmitiu a novelinha original. As peripécias do Jaime Palilo, a exibida Maria Joaquina, o ingênuo Cirilo, a gordinha Laura… como esquecer esses personagens queridos e caricatos que animaram a infância dos anos 80/90?

Praia

chez b cosmotag 05

Como boa manezinha da ilha – apelido carinhoso para os nascidos em Florianópolis – que sou, desde bebê tenho um pé no mar e um castelo de areia. TODOS os verões da minha vida foram vividos em algumas das praias do litoral catarinense. Até hoje, é uma das coisas que mais gosto na vida. Vem verão, vem sol!

Turma da Mônica

chez b cosmotag 03

Quando eu era pequenininha eu tinha uma Mônica quase do meu tamanho, com uma cabeça gigante e dura, que arrastava pra lá e pra cá. Hoje penso como aquilo era vendido para crianças, mas enfim. Sempre fui louca pela Turma da Mônica, antes mesmo de começar a ler, já assistia aos VHS que todos os finais de semana meus pais locavam. Alfabetizada, assinava as revistinhas da Turma e esperava ansiosa para que chegassem logo os gibis. Tinha um caixa gigante onde eram guardados e lia várias e várias vezes a mesma historinha. Bons tempos!

E vocês, quais boas lembranças têm da infância? Me contem!

 

 

discipulas de carrie

 





17 de setembro de 2015

Amanhã é dia de Emmy Awards, a premiação mais importante da TV nos Estados Unidos! Este ano, a líder de indicações é uma série que amo demais e é quase unanimidade – Game of Thrones! Aqui, a lista completa dos indicados para todas as categorias e um coraçãozinho para quem vai minha torcida! E, claro, me contem pra quem vocês estão torcendo!

Melhor Série Cômica


Modern Family
Veep
Louie
Silicon Valley
Parks and Recreation
Transparent
Unbreakable Kimmy Schmidt 

Melhor Ator em Série Cômica

chez b emmy awards 2015 indicados 01

Anthony Anderson (Black-ish)
Louis C.K. (Louie)
Matt LeBlanc (Episodes)
Don Cheadle (House of Lies)
Jeffrey Tambor (Transparent)
William H. Macy (Shameless)
Will Forte (Last Man on Earth)

Melhor Atriz em Série Cômica

chez b emmy awards 2015 indicados 02

Julia Louis-Dreyfus (Veep)
Amy Poehler (Parks and Recreation)
Edie Falco (Nurse Jackie)
Lisa Kudrow (The Comeback)
Amy Schumer (Inside Amy Schumer)
Lily Tomlin (Grace and Frankie)

Melhor Ator Coadjuvante em Série Cômica

chez b emmy awards 2015 indicados 03

Ty Burrell (Modern Family)
Tony Hale (Veep)
Andre Braugher (Brooklyn Nine-Nine)
Keegan-Michael Key (Key & Peele)
Adam Driver (Girls)
Tituss Burgess (Unbreakable Kimmy Schmidt)

Melhor Atriz Coadjuvante em Série Cômica

chez b emmy awards 2015 indicados 04

Allison Janney (Mom)
Julie Bowen (Modern Family)
Mayim Bialik (The Big Bang Theory)
Anna Chlumsky (Veep)
Gaby Hoffmann (Transparent)
Jane Krakowski (Unbreakable Kimmy Schmidt)
Niecy Nash (Getting On)
Kate McKinnon (Saturday Night Live)

Melhor Ator Convidado em Série Cômica

chez b emmy awards 2015 indicados 05

Mel Brooks (The Comedians)
Paul Giamatti (Inside Amy Schumer)
Bill Hader (Saturday Night Live)
Louis C.K. (Saturday Night Live)
Bradley Whitford (Transparent)
Jon Hamm (Unbreakable Kimmy Schmidt)

Melhor Atriz Convidada em Série Cômica

chez b emmy awards 2015 indicados 06

Gaby Hoffmann (Girls)
Pamela Adlon (Louie)
Elizabeth Banks (Modern Family)
Joan Cusack (Shameless)
Christine Baranski (The Big Bang Theory)
Tina Fey (Unbreakable Kimmy Schmidt)

Melhor Série Dramática

chez b emmy awards 2015 indicados 07

Better Call Saul
Homeland
Game of Thrones ♥♥♥
Mad Men
House of Cards
Downton Abbey ♥♥♥
Orange is the New Black

Melhor Ator em Série Dramática

chez b emmy awards 2015 indicados 08

Kyle Chandler (Bloodline)
Bob Odenkirk (Better Call Saul)
Kevin Spacey (House of Cards)
Liev Schreiber (Ray Donovan)
Jon Hamm (Mad Men)
Jeff Daniels (The Newsroom)

Melhor Atriz em Série Dramática

chez b emmy awards 2015 indicados 09

Robin Wright (House of Cards)
Viola Davis (How to Get Away With Murder)
Taraji P. Henson (Empire)
Tatiana Maslany (Orphan Black)
Elisabeth Moss (Mad Men)
Claire Danes (Homeland)

Melhor Ator Coadjuvante em Série Dramática

chez b emmy awards 2015 indicados 10

Jonathan Banks (Better Call Saul)
Ben Mendelsohn (Bloodline)
Peter Dinklage (Game of Thrones♥♥♥
Michael Kelly (House of Cards)
Alan Cumming (The Good Wife)
Jim Carter (Downton Abbey)

Melhor Atriz Coadjuvante em Série Dramática

chez b emmy awards 2015 indicados 11

Uzo Aduba (Orange Is the New Black) ♥
Emilia Clarke (Game of Thrones)
Christine Baranski (The Good Wife)
Christina Hendricks (Mad Men)
Lena Headey (Game of Thrones)
Joanne Froggatt (Downton Abbey)

Melhor Ator Convidado em Série Dramática

chez b emmy awards 2015 indicados 12

Reg E. Cathey (House of Cards)
Beau Bridges (Masters of Sex)
Alan Alda (The Blacklist)
Michael J. Fox (The Good Wife)
Robert Morse (Mad Men)
F. Murray Abraham (Homeland)

Melhor Atriz Convidada em Série Dramática

chez b emmy awards 2015 indicados 13

Allison Janney (Masters of Sex)
Diana Rigg (Game of Thrones
Cicely Tyson (How to Get Away With Murder)
Rachel Brosnahan (House of Cards)
Margo Martindale (The Americans)
Khandi Alexander (Scandal)

Leia também





11 de setembro de 2015

Este mês o tema dos projetos do Discípulas de Carrie (ainda não conhece esse grupo lindo? Então, clica aqui!) é DIVAS! E a CosmoTAG consiste em indicar 5 divas lindas e maravilhosas que inspiram nossas vidas. Fiquei super indecisa dentre tantas opções que eu tinha para escolher, então resolvi dar uma restringida e optar por 5 divas da ficção que inspiram minha vida!

 

Blair Waldorf

chez b cosmotag setembro divas blair waldorf

Se é para falarmos de divas da ficção, obviamente a primeira da lista do Chez B. seria ninguém menos que a rainha do Upper East Side: Blair Waldorf.  Má com coração mole, irônica, diabólica e com os melhores looks da história dos seriados, ela facilmente roubou a cena e os corações de quem assistia Gossip Girl, formando o melhor par romântico da história com o incrível Chuck Bass.

 

Carrie Bradshaw

chez b cosmotag setembro divas carrie bradshaw

Carrie é diva e todo mundo sabe, afinal não é à toa que dá nome ao nosso grupo lindo! Com seu figurino fabuloso e inusitado, suas questões existenciais facilmente identificáveis e vivenciáveis, Carrie é ícone de uma geração de mulheres modernas e livres.

 

Paola Bracho

chez b cosmotag setembro divas paola bracho

O que seria do mundo das vilãs sem a magnífica Paola Bracho? No mínimo, muito, mas muito, sem graça! A gêmea má de A Usurpadora conquistou o mundo – e todo o elenco masculino da melhor novela mexicana de todos os tempos que, por sinal, assisti 5 vezes (com muito orgulho haha). Seu batom vermelho e gargalhada sonoramente inconfundível estarão para sempre em nossos corações.

 

Andy Sachs

chez b cosmotag setembro divas andy sachs

Andy Sachs é a incrível personagem de Anne Hathaway em O Diabo Veste Prada. No início do filme, ela é quase um patinho feio, mal vestida e com cabelo judiado. Porém, quando Andy vai trabalhar como assistente da editora-chefe da Runaway, revista de moda desejo de todas as jovens, precisa mudar completamente o visual e a postura, para se sentir um pouco mais adaptada ao ambiente hostil e glamouroso da revista. E aí inicia um desfile de looks estonteantes, cabelos impecavelmente arrumados, maquiagens perfeitas… e Andy vira quase uma Cinderela da “vida real”.

 

Lady Mary

chez b cosmotag setembro divas lady mary

Lady Mary Crawley é a primogênita do Conde de Grantham, de Downton Abbey. É uma mulher forte, determinada, destemina e a frente de seu tempo. Apesar de o contexto histórico da série iniciar em 1912, Mary já tem atitudes feministas, visão de mundo e vontades que não economiza esforços para que sejam alcançadas. O figurino de época é um show a parte, com muito brilho, plumas, vestidos longos e cabelos extremamente bem penteados.

 

discipulas de carrie