início Ela Livros
Blogroll Contato


17 de abril de 2015

chez b. síndrome psíquica grave 01

Quando vi Síndrome Psíquica Grave no catálogo da Editora Galera Record, da qual sou parceira, fiquei super animada pra ler! Então, ele logo chegou – como mostrei neste vídeo – e… bem, não era muito aquilo que eu imaginava.

A sinopse diz tratar da história de uma estudante do primeiro ano de psicologia que analisa demais as situações de sua vida; principalmente no que diz respeito ao sexo oposto. Pois bem, a partir disso, tirei conclusões precipitadas de que o livro traria uma garota um tanto neurótica e com análises reais, profundas e com algum fundamento sobre os mais diversos assuntos e problemas – como sugere o título, diga-se de passagem. Não foi bem assim.

O enredo é narrado em primeira pessoa por Leigh, uma menina que recém entrou na Universidade de Stiles, junto com seu namorado chato, Andrew. A relação deles é tosca, infantil e fria. Temos ainda Ami (a colega de quarto dela) e Nathan (o colega de quarto dele), como personagens centrais. Leigh é, de fato, um pouco neurótica, mas é para o lado infantil da coisa. Ela é uma garota  imatura, medrosa e insegura. Não é exatamente chata, porém, sabe aquela personagem que dá vontade de sacudir, só pensa besteiras e é “bobinha”? Então, esta é Leigh Nolan. A relação dela com o namorado é um fracasso e só ela não percebe e nem mesmo quer perceber. As inseguranças dela são toscas e superficiais. Ainda bem que temos um personagem que segura bem o livro: Nathan. É o colega de quarto gato de Andrew, com quem Leigh passa a ter sonhos… sedutores, por assim dizer. Os trechos em que ele “aparece” são os melhores. É um garoto interessante e diferente, não dá muito pra sacar exatamente qual é dele e isso é o mais bacana.

Apesar dos pesares, eu gostei bastante do livro. Não é o livro da vida, realmente não. É uma leitura gostosa, rápida, simples e que flui despretensiosamente. Não tem grandes sacadas, reviravoltas incríveis ou uma síndrome psíquica realmente grave. Ainda assim, proporciona momentos agradáveis e uma certa vontadezinha de entrar na cabeça da Leigh e dar uns palpites e umas chacoalhadas nela!

Ah, uma probleminha de revisão do livro: alguns errinhos de digitação, letras a mais ou a menos. Nada que uma nova revisão não resolva!

Alguém mais já leu? O que acharam?

 

chez b. síndrome psíquica grave 02

 

 

Siga nossas redes sociais: Facebook ♥ Instagram ♥ Youtube




20 Comentários em “Síndrome Psíquica Grave”


Natasha Romaszkiewicz

gente!!! ahhahhaha li o título (não tinha carregado a imagem ainda) e pensei “meu deus, será que ta acontecendo alguma coisa com a Bru????” HAHAHAHA que bom que não! hahahaha nossa, pelo título parece que vai ser um livro super “intenso” e cheio de paranóias reais e tudo mais, né! Não acharia que é uma história “mais bobinha”! Mas pelo menos a leitura é gostosinha, né! Eu nunca li e nunca tinha ouvido falar, mas talvez seja aqueles livros bons pra passar o tempo, pra ler sem ficar muito tenso, como a gente fica lendo alguns, né? hahahah no momento eu to lendo Nárnia (hahahahahah sim! meu namorado fica me julgando hahahah), mas é muita informação, sabe? Tenho sempre que lembrar quem é tal personagem, se estamos na parte !, 2, 3, 4… do livro? É bom pra botar o cérebro pra funcionar, mas precisa de atenção ahahaha
um beijooooooo, bru <3

Bruna Aguiar

Siiim, sei muito bem como é, deve ser tipo aqueles do Game of Thrones! Eu tenho preguiça de livro assim, sabe, mas admiro que consegue ler! hahaha :D Esse é legal, mas não é aquilo tudo! Com esse título eu só esperava MUITO MAIS! Beijocaa!

Juliana Regis

Aiiiin, quando vi no vídeo fiquei esperando tua resenha dizendo que ele era MARAVILHOSO! Acho que criei mais expectativas que tu, Bru. hahaha
Agora vou ficar aqui torcendo pra tu gostar mais dos livros da Rainbow e, por falar nela, já comprei o novo! To só esperando a boa vontade dos correios. =*

Bruna Aguiar

Siiim, eu também esperava que fosse mara!! E tava planejando te mandar pelos correios… agora só acho que não vale muito a pena :(

Carol R.

E o titulo parece interessante, que pena que trata do assunto com superficialidade.
bjs

Emerson

Gostei muito da história do livro. Esses dramas psíquicos são bem interessantes.

jj-jovemjornalista.blogspot.com.br

Camila Faria

Não li Bruna e a história do livro não tinha me interessado muito. Confesso que fiquei ainda mais desanimada depois de ler a sua resenha, acho que não vou curtir muito… Essa coisa da infantilidade vai me irritar muito, estou sentindo. Hahaha!

Beijo, beijo. :*

Talita Scoralick

É engraçado como as vezes a gente imagina uma coisa e o livro é outra né?
Mas fiquei com muita vontade ler esse.. faz tempos que não leio uma leitura tranquila assim..
Amei o blog!
Beijinhos

Marcella

Que bacana a dica.. eu não conhecia esse livro, mas fiquei curiosa para ler viu?

Bjs Má
http://www.2betrend.com.br

karina muniz

Muito bom flor!
bjs

Tallita

não conhecia esse livro mas acho que não me pega muito não. Pelo título achei que seria power mas parece que não :(
beijos
http://www.oolhaisso.com

Gabi Barbará

Poxa, acho que eu ia ficar com raiva da personagem!!!

bjs da Malásia,
Gabi Barbará
Barbaridades!

Vickawaii

Aiii Bruna, não sei se gostei não! É que não sou muito chegada nesses livros de romance e tal, e provavelmente seria “enganada” pelo título do livro, que sugere uma trama mais complexa abordando problemas psicológicos mesmo, e me vem um young adult! Mas sabe que livro (na verdade só vi o filme, mas serve rs) que me fez ter esse pensamento inverso, de achar que era uma história mais ‘bobinha’ e no final a trama é MUITO surpreendente? Garota Exemplar.

Aparentemente, não se pode julgar um livro pela capa…Nem pelo nome XD

Beijos, Vickawaii
http://finding-neverland.zip.net

Bruna Aguiar

Realmente, não teria como concordar mais contigo!! :*******

Gabriela

Nossa! É uma droga quando a gente não gosta do personagem principal. Eu fiquei muito assim quando li o Teorema Katherine, querer dar umas chacoalhadas no Collin KKKKKKK Adorei seu blog! E acabei de ver num post daqui (que tava no Veja Também…) que vai lançar a Herdeira, 4° livro da seleção da Kiera. TO MUITO ANSIOSA. Tô acabando de ler a escolha e achei que foi o melhor até agora <333

beijos!
electric feel

Bruna Aguiar

Siiim, bem isso! Não li O Theorema Katherine justamente por já ter ouvido falar não mto bem da personagem principal! Ahhhh A Herdeira tá chegando :D E já dá pra ler o primeiro capítulo no site da Saraiva!!! A Escolha é demais, né! Adoro essa saga <3 <3 Beijooooo

Fernanda

Ainda não li, mas já me irritei com a personagem principal. Pode? HAHAHA :(
Mas eu gosto de livros assim as vezes, fáceis de ler, sem muita enrolação e complicação, sabe? Talvez eu conseguisse suportar a Leigh. HAHA Beijos!

Kaka Farias

Ahhh, eu li esse post antes de sair pra jantar e não deu tempo de comentar (certa pessoa me apressando). Então, eu esperava mais pela capa. Achei tão linda! Kkk e sinceramente acho que no fim das contas eu não leria, tenho um pouco de irritação com personagens que queremos entrar no livro e dar um sacudão. Apesar de ter ficado bem curiosa pra saber o que Nathan tem de interessante, kkkk :*

Bruna Aguiar

Nathan <3 ahahaha

Leituras de ABRIL - Chez B.

[…] Síndrome Psíquica Grave (Alicia Thompson) Mar de Rosas (Nora Roberts) […]


Deixe seu comentário: